EDUARDO MONTEIRO

Considerado um dos maiores expoentes do cenário pianístico brasileiro, o carioca EDUARDO MONTEIRO teve seu talento reconhecido internacionalmente desde jovem. Em 1989 recebeu, por unanimidade, o 1o lugar no Concurso Internacional de Piano de Colônia, Alemanha, além do prêmio de melhor intérprete de Beethoven. Foi laureado, também, nos concursos de Dublin, em 1991 e Santander, em 1992.

Foi solista das principais orquestras do Brasil e de renomadas orquestras do exterior, incluindo as Filarmônicas de São Petersburgo, de Moscou, de Munique, de Bremen, a Orquestra de Câmara de Viena, a Sinfônica de Novosibirsky, a Orquestra da Rádio e Televisão Espanhola. Apresentou-se com os principais Maestros do país e com regentes como Yuri Temirkanov, Mariss Jansons, Dimitri Kitayenko, Philippe Entremont, Arnold Katz.

Seu abrangente repertório tem como uma de suas principais características um refinado critério de escolha, demonstrando especial interesse pela música brasileira, cujas interpretações são consideradas referência por seu grau de excelência. Em sua discografia destaca-se o CD Piano Music of Brazil, gravado pelo selo inglês Meridian Records e lançado em recital no Wigmore Hall de Londres, em 2007. Este trabalho obteve críticas extremamente elogiosas em conceituadas revistas especializadas internacionais.

Eduardo Monteiro ocupa um lugar de destaque no panorama da formação pianística no país. É diretor da OSUSP – Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo e da Escola de Comunicações e Artes da USP, onde é professor de piano do Departamento de Música e pesquisador do programa da Pós-graduação. Seus alunos conquistaram numerosas premiações em concursos no Brasil e no exterior, com destaque para o 1o prêmio no 25o Concurso Internacional de Piano Clara Haskil na Suíça, em 2013.

LUCIANA SAYURE

Referência em ensino de piano, LUCIANA SAYURE reflete em seu trabalho influências de três personalidades do piano brasileiro: Marisa Lacorte, Yara Bernette - que lhe ofereceu uma bolsa de estudos - e Mauricy Martin. Foi premiada em diversos concursos de piano, tendo obtido os primeiros prêmios no I Concurso Nacional de Piano Arthur Moreira Lima, XIII Concurso Nacional de Piano Paulo Giovanini, no Primeiro Concurso Nacional de Piano Lorenzo Fernandez e no Concurso Jovem Pianista.

 

Suas atividades pedagógicas tiveram início aos 16 anos de idade, como professora do Conservatório Santa Cecília, em Santo André, SP. Posteriormente, integrou o corpo docente da Fundação das Artes de São Caetano do Sul, da Escola Municipal de Música de São Paulo e do Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos (Tatuí-SP). Desde 2007, é Professora dos Programas de Graduação e Pós-Graduação do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP), onde desenvolveu pesquisa sobre música brasileira, sob apoio financeiro do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico). Os resultados de sua atividade pedagógica se refletem nos prêmios em concursos e bolsas de estudo em cursos de Pós-Graduação no exterior obtidos por seus alunos.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now